Total de visualizações de página

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Ação da Saudade.

Dois dias sem meu amor
e eu até perdí peso.
Vivo poetando insônias
de tanta saudade,
pra lá e pra cá.
Como sou frágil ...
É que as oscilações da alma,
me dizem que posso sonhar,
até o que parece absurdo.
Toco a chuva
e aproveito para chorar
e afogar a saudade.
Suspiro inùtilmente.
Só sei
que posso ir dormir numa estrela
e sonhar alguns absurdos,
rompendo a madrugada
sob os ventos da pauta poética:
- Sonhar!!!
Simplesmente,
sonhar.

Cecília Fidelli

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

O título é desnecessário.

Imagem: https://www.facebook.com/aprendendoportugues

Diego * Absoluto * El Khouri !

“Nós,
 “clowns de Shakespeare,”
 últimos sobreviventes
 da ordem visionária sísmica poética planetária,
 filhos de Baco,
 herdeiros de Xangô,
 orixá do trovão,
 iluminados por João de Aruanda,
 Marquês de Sade,
 propomos a destruição das conquistas
 platônicas e cristãs
  no que se diz a respeito
 da valorização excessiva
 e insensível da razão.
 Não queremos racionalidade absoluta.


Diego El Khouri.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Brasil 2014

Imagem: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=363354440413577&set=a.301695183246170.70369.100002170720923&type=1&theater

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Viagem Literária - Itanhaém-SP (19 Out 2012).

Eu na foto.

Foi bastante produtivo
 e muito gratificante o Encontro
com o Autor Menalton Braff.
Tive oportunidade de entregar-lhe um exemplar
 do meu Livro Alternativo - Produção Independente,
 sob o título "Defendo a Poesia" - Fevereio 2012.
Menalton é cativante, meio intrigante e até singelo
dada a proporção de suas obras
 e sua intimidade com as letras
 nesta sexta feira fria na Biblioteca
 de Itanhaém - Litoral Sul de S.Paulo.

By Lara Paixão.


By Milena Bargieri


Hibiscos - By Lara Paixão.


Eu choramingo. Tu choramingas?

Divino o mar ...
E minha emoção,
a balançar.
As folhas dos coqueiros,
demonstram toda poesia.
Quando me sinto entristecida,
é alí que vou desabafar.

Cecília Fidelli.
- Foto: Cecília Fidelli.
Praia do Centro - Itanhaém - SP

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Viagem Literária 2012 - Itanhaém - SP

Bate-papo com o escritor Menalton Braff está no Programa ‘Viagem Literária’ de outubro.
A Biblioteca Municipal Poeta Paulo Bomfim receberá o módulo ‘Bate-papo’ com o escritor Menalton Braff, que conversará com leitores sobre suas obras literárias voltadas ao público infantojuvenil. O encontro está marcado para o dia 19 de outubro, às 15 horas, na Rua Cunha Moreira, 71, no Centro.

O escritor cont
ará um pouco sobre sua trajetória, dedicação às atividades literárias e publicações que lhe renderam importantes premiações. O autor tem 19 livros publicados, mais um em processo de edição e impressão na editoria e um prêmio Jabuti na bagagem, conquistado em 2000, com a coletânea de contos ‘À sombra do cipreste’.

Ele também já foi um dos finalistas da Jornada de Passo Fundo em 2003 e Jabuti em 2007, com o volume de contos ‘A coleira no pescoço’. Mais tarde, em 2008, com o romance ‘Amuralha de Adriano’, responsável pelaMenção Honrosa no 50º Prêmio Casa de Las Américas (Havana), entre outras. Mais informações do autor pelo site: http://www.menalton.com.br/.

Este ano, o cronograma se estende até outubro, dividido em módulos como: Contação de Histórias e Bate-papo com o Escritor. Mais informações por meio do telefone (13) 3426-1477.

VIAGEM – O Programa da Secretaria de Estado da Cultura, criado em 2008, promove uma verdadeira turnê com escritores renomados e jovens talentos pelo Estado, levando mais de 350 atividades a bibliotecas de todo o Estado.

20 de Outubro - Dia do Poeta.

O poeta é o manual dos que ainda não sabem observar a vida.

Raquel Fortuna.

20 de Outubro - Dia do Poeta

Café com leite na bandeja
e eu me preparando pra dormir.
Não sem antes deixar no teclado,
meu ponto de encontro com as letras,
mais um momento.
Meus instantâneos se misturam,
se confundem,
mas nenhuma emoção
pode cair no esquecimento.

Cecília Fidelli.

domingo, 14 de outubro de 2012

Secam-se as lágrimas ...


Amanhã tudo,
ou quase tudo pode mudar.
Menos o tamanho
e a profundidade das rugas.
Amanhã,

o desenho da alma
pode estar diferente,
as letras do poema
podem não ter mais
aquela prioridade inocente.
Amanhã,
tudo que sonhamos,
tudo o que realizamos
ou deixamos de realizar,
cada alegria,
cada sofrimento,
pode ser resumido simplesmente,
ou ficar esquecido no tempo.
Amanhã,
até as inevitáveis rugas,
vão desaparecer.
Viver,
é um delírio coletivo.
Amanhã,
a vida pode estar concluída,
encerrada.
Amanhã ou depois de amanhã,
reflexões e dúvidas
talvez estejam levitando
inexplicàvelmente,
numa estrela longínqua
e tão imensa,
mas tão imensa,
quanto um grão de areia.

Cecília Fidelli.

15 de Outubro - Dia do Professor.

A vida é uma escola.
Muita lição de classe,
muita lição de casa.
Mas aprender mesmo,
literalmente,
crescer
e aprimorar-se nessa vida ...
só com o auxílio de um verdadeiro artista,
O PROFESSOR (a).

Cecília Fidelli.



quinta-feira, 11 de outubro de 2012

12 de Outubro - Dia da Criança

Criança encanta
mas,
por vezes,
se desencanta.

Não tem domínio sobre o seu tempo,
mas,
por vezes,
também tem contratempos.

Muitas têm amor verdadeiro,
outras tantas desamores,
lamentos.

Crianças,
ou demonstram inocência,
ou são alvos de demências.

Os primeiros passos de uma criança,
muitas vezes,
dependem das nossas decisões.

Cecília Fidelli.

Ovni's

Questionando o espaço,
 o homem acredita que está evoluindo.
 Não que isso não tenha nada a ver comigo.
 Acho apenas que é evidente
 que outros mundos são habitados.
 Seria muita pretensão de nossa parte
 acreditar que só haveria vida humana (ou não),
 na Terra.
 Que só o Globo Terrrestre
 teria sido Criado Exclusivamente pra nós racionais,
 irracionais, vegetais, minerais ...
 Agora OVNIs,
 podem até ser vistos.
 Nossas naves também viajam por aí não é de hoje.
 Mas ainda não são pro nosso bico.
 Civilizações inferiores,
 não chegariam até nós.
 E as superiores,
 não perderiam seu tempo
 apenas com exibicionismos gratuítos.

Cecília Fidelli.




Avaliação.


sexta-feira, 5 de outubro de 2012

4 de Outubro - Dia do Poeta

 A poesia pra mim,
 é uma vivência cotidiana,
 minha verdadeira essência.

 Meus pensamentos,
meus sentimentos,
 vão do céu ao inferno.

 Em geral,
 não dependo da imaginação,
 da fantasia,
 mas, da inspiração.

 Toda minha intriga sobre tudo e todos,
 viram escritos.
 Só me afasto do meu próprio "silêncio"
 quando durmo.

 Experiências ou frustrações do fundo da alma,
 do fundo do coração,
 alegres ou tristes,
 cada instante meu,
 são degustados como um delicioso vinho,
através das palavras,
 e complementam minhas " refeições".

Cecília Fidelli.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

( * - * )


Apesar dos enganos,
apesar dos desenganos,
dia-a-dia florescemos.

Cecília Fidelli.

Sedosos cabelos brancos.

Somos alma e corpo físico.
Ao longo do tempo
o corpo pede por socorristas,
e os sonhos se padronizam.
Temos momentos de tristezas
e lapsos de amor e ternura.
Temos as mãos trêmulas e
os corações mais tranquilos.
Nos impomos pausas,
profundamente demoradas
para as ponderações de todo dia.
Ao longo do tempo,
ficamos menos sorridentes
mas, mais solícitos.
Não me sinto mais preparada
para o surpreendente.
Já não me iludo mais com imediatismos.
A idade é uma interferência sombria
E as ilusões ,
estão com os prazos vencidos …

Cecília Fidelli.


Intercâmbios que gratificavam.


Algumas
 de minhas Publicações Alternativas
 dos anos 90.

Ci.