Total de visualizações de página

sábado, 28 de maio de 2011

Introdução.

No recanto do encanto,
acontece tanto...

Sob a luz das estrelas,
numa noite perfeita,
a lua adormece.

Duas taças e o brinde.
Amor com requinte.


Cecília Fidelli.

Rock Invasão 18

Rock invasão 18
No dia 06/08/2011 as 18:00 no end: Endereço:
Campus Guarulhos
Estrada do   Caminho Velho, 333
Bairro das Pimentas - Guarulhos – SP tel: 3381-2000.
Ponto de referencia terminal pimentas
Vamos organizar o maior festival PUNK ROCK da historia de GUARULHOS, com show bandas, som mecânico nos intervalos das bandas, com exposição de fazines, cartazes, CD de demos e DVD sobre o assunto etc...
Bandas interessadas em tocar e ajudar no festival + rápido possível
Pessoas com boas idéias ou querendo participar na organização do festival serão bem vindas + rápido possível
Entre em contato com EMAIL ou ORKUT ROCKINVASÃO@HOTMAIL.COM

Hum...

Já que você veio,
se o que eu fizer está bem feito,
já que trouxe a garrafa de vinho,
vamos pedir uma pizza a quatro queijos.
Ou mussarela com bacon?
Vamos aproveitar o friozinho.
Vamos usar o bom senso
e degustá-la com beijos.

Cecília Fidelli.

Cartões Poéticos.



Respeite-se.

Segue sem ocultar o íntimo, sem trégua.
Ser verdadeiro é o que difere.

Cecília Fidelli.

Jabotí ganha "protese".- Fonte: Uol Notícias.

Jabotí ganha "protese".
Jabuti Tuly caminha usando a sua "prótese"
Uma jabuti fêmea recebeu uma roda de plástico para substituir uma de suas patas que foi devorada por ratos enquanto ela hibernava.

A "prótese" improvisada a partir de um brinquedo infantil permitirá que a jabuti Tuly retome pelo menos parte dos movimentos, segundo a organização que está cuidando do animal, Norfolk Tortoise Club, na Inglaterra.

A ferida foi descoberta pelo dono do animal por acaso durante uma visita de rotina ao local onde ela vivia.

Imediatamente, os veterinários foram chamados para salvar o réptil.

Por sorte, eles acreditam, Tuly conseguiu resistir ao ataque apesar de seu estado de sonolência.

"Depois de uma operação para estabilizar os ferimentos, que poderiam ser fatais, percebemos que ela estava danificando um dos lados do casco quando caminhava", disse a porta-voz da organização, Eleanor Tirtasana, ao jornal Eastern Daily Press.

"Com a roda de um carrinho de brinquedo, ela agora pode rolar por aí livremente."

sexta-feira, 27 de maio de 2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

"Di Menor".

"Di Menor"

Crianças crescem sinceras.
Adultos nunca são exatos.
Quebram a sinceridade delas.
Triste atmosfera.

Abandonos são sempre inesperados.
Impressionam, ficam marcados.
Parecem anotar como impressões,
Mas sentem, com abatimento.
Tão cedo elas não esquecem.

Procuram definir o amor,
mas vira ódio o sentimento de afeto,
por aqueles que elas tanto gostam.

Perda incompreensível,
não é necessariamente a morte.

Cecília Fidelli.

Mensagem Edificante.

Doe Palavras.

Existe um projeto denominado DOE PALAVRAS
do Hospital Mário Pena, no qual o internauta envia
via Web uma mensagem, um poema de otimismo.
Será lida por pacientes de cancer e familiares.
Acesse o site.
Envie sua mensagem,
que aparecerá num telão do Hospital.
- www.doepalavras.com.br/
Incentive Hospitais de sua região
a aderirem o projeto.
Uma atitude positiva que pode levar
fé e esperança a quem luta contra o
cancer.

Alarme

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Fraquezas Humanas

Nobre Personalidade.

Me lembrei dele no circo.
Quanta alegria!
Quantas e irreverentes gargalhadas.
O que os olhos não vêem
ainda sentem, recordam...
Palhaços chegam
com abraços.
Sorriem largamente.
Parece que aqules olhos grandes
enxergam ainda mais longe,
lá no fundo da platéia.
Circo.
Um lugar onde a gente
nunca vai as pressas.
Quanta ilusão deixamos de lado
nesses momentos,
para extrairmos magia
lá de dentro da cartola.
E o palhaço sorridente ainda diz:
- O coelhinho é pra vocês.
Palhaço.
Penetra em nossos sorrisos.
Vai às alturas do trapézio,
balançar tardes de domingos.
Vira e revira desafios.
Um atleta.
O ginasta da arte.
O Robusto, barrigudo,
é mais que música aos ouvidos.
Mais que qualquer surpresa,
realmente, inesperada.
Mais que um verso inalterável.
É um autêntico observador
da vida.
Encanta, irradiando tanta alegria.
Contagia.

Nariz vermelho, pipóca, pirulito...
Potencializa nossa infância e eterniza,
sem se importar certamente,
com a temporada momentânea.
Segue caminhando a outros
corações-crianças,
incorporando risos, não lágrimas.
Renovando as nossas vidas.

Cecilia Fidelli.

domingo, 22 de maio de 2011

Ah! Moleque!

Choveu fome.

A cama era muito pequena.
O guarda roupa era muito velho.
No barraco não cabia mesa.
Também... nem tínhamos.

Quando a gente podia,
investia em pão e miojo.
O retorno?
Dava até sono.

Confesso.
A preguiça de tomar banho de balde,
era grande, cruel.
Que bom que a enxurrada levou.
Hoje temos como teto, o céu.

Assentado?
Não. Sentado na calçada.
A assistente social deve vir.
Estou até vendo:
- Dá um sorriso pra mim?

Ci Maneski

Dramático.

Dramático.

Crenças sobre o amor,
sempre encontram ressonâncias.
Ele ainda é selvagem,
precisa de muito mais romance.

Amar, realmente,
é inceminar verdade na alma.
Afagar não só com as mãos
mas com palavras que
convençam sobre o cativeiro.

Cecília Fidelli.

Saturado?

Saturado?

Alguns poemas,
mostram bem a enxaqueca do tédio
que sentimos vez por outra.
Nós humanos, somos recordistas
em sensações mortíferas.
O limitado desespera.
Quanto mais as cidades crescem,
mais perfume de gasolina...
Compreendo que blasfemo.
Se a realidade parece irremediável,
o que vai dentro da alma,
por mais que se explique,
que se justifique,
parece indescritível.
Mas adversidades se encerram.
Circunstâncias.
Todos e ninguém é responsável.
Se por vezes trajamos tristezas,
outras vezes nos despimos
em ternuras.

Cecília Fidelli

Controvérsias

Controvérsias.

Estende o teu olhar.
Esse carinho, tanto quanto a falta dele, me imobiliza.
Divago em versos angustiosos, estou sòzinha na multidão
e o palheiro, é grande demais.
Às minhas expectativas, arranja um tempo, um momento,
me chama de meu amor, mesmo que isso não seja verdadeiro.
Sai da rotina, me toma em seus braços,
que eu quero voltar pra casa feliz e permanecer assim,
nem sei por quanto tempo e sonhar todas as noites dos meus dias,
explicar a poesia...
Um momento. Um único momento.
Não sei mais como lidar com os controversos.

Cecilia Fidelli.
Do livro: Não Perecíveis

sábado, 21 de maio de 2011

Dor de Amor.

_____________
_____________
Eu
Não
Sei
Por que
O meu
Coração
Insiste
Tanto
Em
Reclamar
Toda
Vez
Que
Lembra
De você
Essa
Saudade
Dói,
Machuca,
Me faz
Chorar.
_____________
_____________


Dj@.Poet@.....

Canais de comunicação.

Canais de comunicação.

Quem tem net, nunca está sòzinho.
Nunca se pergunta o que fazer?
Sábado.
Geralmente aos sábados visito blogs de amigos.
Quase indispensáveis.
Tantos me surpreendem pela dedicação a arte!
E eu gosto de fazer as coisas com calma.
Seria injusto citar um ou outro.
E cada um de nós tem "trocentas" razões pra divulgar seu trabalho.
Até porque, através dos blogs, muita energia boa.
E seguir os blogs que a gente gosta, é valorizar, enfatizar.
Numa época de tantas dificuldades, ao contrário de ser um
cubículo a telinha do PC, um mundo de descobertas.
E diante de um materialismo desenfreado... isso não tem preço.
Deixamos e tiramos impressões.
Alguns blogueiros conheço pessoalmente.
Outros são meio "invisíveis", virtuais.
Mas todos irradiam possibilidades de nos enriquecermos.
Caneta, harpa, pincel...
Definidos e Indefinidos.
Que todos nós possamos nos estender cada vez mais.
Aqui, meu muito obrigado a todos que visitam e seguem o Reviragita,
que me enviam material para publicações, que me dão carinho.
Estar em sintonia com esse Universo repleto de bons fluídos,
só me traz novas inspirações.

Cecília Fidelli.
www.ceciliafidelli.blogspot.com

http://kaskadura.blogspot.com/2009/06/melody-monster-desordem-2004.html

Kaskadura Blog Zine - Beatles


Por: Arnaldo Jabor.

“Fui criado com princípios morais comuns:
Quando eu era pequeno, mães, pais, professores, avós, tios, vizinhos, eram autoridades dignas de respeito e consideração. Quanto mais próximos ou mais velhos, mais afeto. Inimaginável responder de forma mal educada aos mais velhos, professores ou autoridades… Confiávamos nos adultos porque todos eram pais, mães ou familiares das crianças da nossa rua, do bairro, ou da cidade… Tínhamos medo apenas do escuro, dos sapos, dos filmes de terror… Hoje me deu uma tristeza infinita por tudo aquilo que perdemos. Por tudo o que meus netos um dia enfrentarão.
Pelo medo no olhar das crianças, dos jovens, dos velhos e dos adultos. Direitos humanos para criminosos, deveres ilimitados para cidadãos honestos. Não levar vantagem em tudo significa ser idiota. Pagar dívidas em dia é ser tonto… Anistia para corruptos e sonegadores… O que aconteceu conosco? Professores maltratados nas salas de aula, comerciantes ameaçados por traficantes, grades em nossas janelas e portas. Que valores são esses? Automóveis que valem mais que abraços, filhas querendo uma cirurgia como presente por passar de ano. Celulares nas mochilas de crianças. O que vais querer em troca de um abraço? A diversão vale mais que um diploma. Uma tela gigante vale mais que uma boa conversa. Mais vale uma maquiagem que um sorvete. Mais vale parecer do que ser… Quando foi que tudo desapareceu ou se tornou ridículo?
Quero arrancar as grades da minha janela para poder tocar as flores! Quero me sentar na varanda e dormir com a porta aberta nas noites de verão! Quero a honestidade como motivo de orgulho. Quero a vergonha na cara e a solidariedade. Quero a retidão de caráter, a cara limpa e o olhar olho-no-olho. Quero a esperança, a alegria, a confiança! Quero calar a boca de quem diz: “temos que estar ao nível de…”, ao falar de uma pessoa. Abaixo o “TER”, viva o “SER”. E viva o retorno da verdadeira vida, simples como a chuva, limpa como um céu de primavera, leve como a brisa da manhã!
E definitivamente bela, como cada amanhecer. Quero ter de volta o meu mundo simples e comum. Onde existam amor, solidariedade e fraternidade como bases. Vamos voltar a ser “gente”. Construir um mundo melhor, mais justo, mais humano, onde as pessoas respeitem as pessoas. Utopia? Quem sabe?… Precisamos tentar… Quem sabe comecemos a caminhar transmitindo essa mensagem… Nossos filhos merecem e nossos netos certamente nos agradecerão!”.

Divulgando

cafofodakatita.blogspot.com

Constituição de 1988

Constituição de 1988.


DO DIREITO E GARANTIAS FUNDAMENTAIS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, liberdade, igualdade, segurança e a propriedade, nos termos seguintes:

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

TÍTULO VIII - DA ORDEM SOCIAL

Art. 220 A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição;

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística;

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Discutiu a relação?

Discutiu a relação?

Matei a charada:

O problema é que você sonhou
com a mulher amada,
só pra você,
apesar das outras mulheres.

Ela,
sonhou ter você só pra ela.

Cecília Fidelli.

Lentamente.

Sexta-feira.
Dia propício para refletir
superstições e ritos.
Os fantasmas riem disso.
Aproveitam-se da ocasião
e sugerem aos ouvidos.
Insinuações.
Eles são persistentes.
Quase inevitáveis.
Chegam em ondas de anseios.
Olham com olhos pesados.
Baixando a guarda...
vergamos em pesadêlos.

Cecilia Fidelli.

Danilo - jogandoavida.blogspot.com

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Meu jeito de ver e sentir.


Vários assuntos em pauta na Sociedade Brasileira,
bastante polêmicos.
Não vou citar nenhum deles, a lista seria interminável.
Isso é bom, porque nos põe a pensar, a refletir.
Ausências, omissões, devemos mesmo, desestimular.
Discussões, debates, podem transformar, ainda
que, a longo prazo.
O senso de responsabilidade deve ser despertado.
Todo valor construtivo no cotidiano de cada um,
independendo de credo, filosofia, raça, enfim...
precisa ser trabalhado.
Quando eu era pequena, ouvia dos mais velhos a
seguinte frase: Sua cabeça é o seu guia.
Mas, não ia além disso, não havia diálogo.
Eu não conseguia entender exatamente o
significado da frase.
As coisas eram muito diferentes, a gente romanceava
a vida em todos os sentidos.
Atualmente, vejo o mundo como uma poesia irritada.
Não tenho mais filhos pequenos.
Mas me intriga que pais e responsáveis venham atribuindo
às escolas, que deve dar escolaridade, cultura, formação,
a educação dos seus filhos.
O fato de família ter uma, digamos, nova roupagem,
não impede, na minha opinião, que os adultos passem
às suas crianças, orientações positivas, de maneira que
elas nunca tenham que se envergonhar, por exemplo,
de pensamentos e atos que venham praticar ou tenham praticado,
trabalhando assim na construção de cada caráter.
Fitar o futuro de alguém, fitar o futuro do nosso país,
é realizar um futuro promissor, absolutamente possível.
Penso que "os tempos são chegados".
Que isso tudo representa a fase de transição que vivemos.
Adversidades e esperanças, mas o desejo de dias
melhores, relatam claramente, principalmente nos noticiários,
através dos ibopes, através da velocidade da internet, etc...
quadros quase indecifráveis, incompreensíveis, de todo
gênero, dada a escolhas de caminhos que arruínam.
Atitudes alucinadas, sinistras, entretanto,
removíveis se nos empenharmos,
em mantermos a auto-estima, o amor ao próximo.
Compreender pra sermos compreendidos,
evitaria muitos desgostos.
Ou o homem vai continuar se arrastando, ferido,
e ferindo.
Com o ferro de passar corrigimos dobras do vestuário.
Com o da boa vontade, podemos inspirar falanges
valorosas e enfatizar vocações, apaziguar os
corações aflitos que afligem.
O que se tem visto são ardências de comentários,
quase sempre tão agressivos quanto fatos
agressivos consumados.
As soluções estão nas mãos de todos.
Colaborar com bem geral, ajudar, é bem melhor que
precisar de qualquer tipo de colaboração ou ajuda.
Quem não deseja bons resultados?

Cecília Fidelli.

Sonho de Criança

Uma caminha macia,
Uma canção de ninar,
Uma história bem bonita,
Então, dormir e sonhar...

Ruth Rocha

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Uma viagem pelo Ceará.

Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome, pergunto o que há?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará.

Patativa do Assaré

Circunstâncias?

Tenha sempre sentimentos
nobres e um sorriso sincero,
deixe que todos te conheçam
através do brilho de seus olhos.

Cléo Anselmo

Deusa Morta

Deusa Morta

No coração de todas as Mulheres
Crepita algum mistério insondável,
Mas tu, pacóvio moço, não esperes
Vencer-lhe o régio fogo formidável

Pois ele jaz ao cofre impenetrável
Da mística opulência dos prazeres...
É insensatez ao seu amor sofreres,
Se o etéreo bem é sonho fatigável!...

Acalma-te nos braços dessa Amante
Que a tua solidão sempre conforta,
E aos teus deslizes vive irrelevante

E nem de outros carinhos te aborta,
Que amar uma só mulher e ser constante,
É como que adorar uma Deusa morta...

Queiroz Filho

Citação

Todas as artes contribuem
para a maior de todas as artes.
A arte de viver.

- Desconheço a autoria -

terça-feira, 17 de maio de 2011

Cartão Poético - Mário Quintana

Divulgando

A edição da 11ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto já está sendo preparada
O evento acontecerá de 26 de maio a 5 de junho de 2011 e homenageará a Grécia, Santa Catarina, o escritor José Saramago, a autora infanto-juvenil Luciana Savaget e o autor local Saulo Gomes. O patrono será o empresário Maurílio Biagi Filho.

Me dá um minuto?

Evidência

Amor gerúndio.

E-mails que enviam e reenviam por aí... KKK

Conclusões femininas - Utilidade Pública.

Uma revista feminina realizou recentemente em Angra do Reis (RJ), um seminário destinado às mulheres.
Com duração de três dias, o encontro resultou nas seguintes conclusões abaixo:


1- Cheiro bom de homem é...de homem! Um perfume cítrico e aquele cheiro de banho tomado também são ótimos. Mas evite extravagâncias.
2- Hálito de bebidas alcoólicas excita (de uísque,  vinho e champagne). De cerveja e pinga, não.
3- Você pode ter o cabelo como quiser... desde que não seja tigela e nem PINTAR ou usar aquelas loções que propõe escurecê-los com o tempo... eca, aquilo fede (só  homens não percebem) e mulher odeia! Você pode manter o cabelo limpo, mas nunca secá-lo com "escova". Você pode ser careca, as mulheres não ligam... Se você tem uma peruca, use-a no Natal, no presépio, como manjedoura do Menino Jesus! Mulheres vão adorar! Implantes de cabelo, jamais! Eles dispersam a atenção de uma mulher: ao invés de ouvir o que você diz, ficamos hipnotizadas pelos tufos na sua testa!
4- Não se atreva a esmaltar suas unhas ou tirar as cutículas. Corte-as, e lixe-as apenas. E, em ocasiões especiais, crave-as em nossas bundas!
5- Se você tem calos na palma da mão, cultive-os (temos sugestões edificantes a respeito!). São úteis para que gritemos na sua cara:

"Vem, meu estivador, mostra quem manda aqui! " kkkk
6- Admitimos que você tenha barriga, mas não que seja uma enorme barriga.
7- Pêlos no peito, gostamos. Em orifícios visíveis, como orelhas e nariz, pedimos clemência e tesourinha sem ponta!
8- Banho antes, sim. Logo depois, nunca! Algum tempo depois, hummmm... pode ser !
9- Escovar os dentes é obrigação.
10- Máscaras de creme no rosto, só se você sofrer de micose ou for palhaço de circo.
11- Homens com músculos definidos nos parecem másculos. Homens musculosos demais nos parecem indefinidos.
12- Há coisas que aterrorizam uma mulher: homens que usam camiseta regata, que usam shortinho bem curto para ir à padaria, e os que têm todos os discos dos grupos Abba ou Bárbara Streisand.
13- Não se depile, a menos que: a sua mulher peça; você seja nadador; você seja masoquista.
14- Os homens bem arrumados e elegantes são os melhores de cama, comprovadamente. O resto só serve pra manutenção!
15- Reconhecemos um homem pelo sapato que ele usa: não se atreva a usar um mocassim de bico fino cor de gelo, ou meias brancas muito menos tenis branco encardido!
16- Dentes brancos e bem tratados vão bem, mas não a ponto de você mastigar de boca aberta.
17- Se você for meio esculhambado, usar meia amarela, cueca furada, botina velha e camisa amarrotada, seja ao menos um tipo sensível: saiba poemas de cor ou faça o tipo "cineasta atormentado" .
18- Na cama você pode fazer o que quiser, menos transar de meias sociais ou aquelas brancas ridículas!
19- Nas roupas, prefira sempre o básico elegante, mas tenha no armário um uniforme de bombeiro ou pelo menos um quepe de policia rodoviária. Se a roupa não der ibope, o uniforme nós garantimos.
20- Não beba álcool demais, nem de menos. Abstêmios, hare krishnas, mórmons e adeptos do Pró-vida são tão assustadores quanto serial killers.
21- Se você nunca come carne vermelha, acabará não comendo amarela, negra e nem branca também.
23- Não tenha chulé. Se vira!
24- E lembre-se: se você se olha demais no espelho, acabará encontrando alguém à sua imagem e semelhança, não uma mulher.
Obs.:
Mulheres: mandem para seus amigos homens e para suas amigas concordarem e rirem.
Homens: tentem aprender.
Pode funcionar!

http://issuu.com/marciosno/docs/fanzinesdepapel

Márcio Sno
http://marciosno.blogspot.com

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Um clássico básico.

Tudo vale a pena
quando a alma não é pequena.
Fernando Pessoa.

Felicidade

Na plenitude da felicidade,
cada dia é uma vida inteira.

- Goethe -

Minha vida - Irineu Volpato

Minha vida
Irineu Volpato

Já consumindo os 70, nasci em terras de roça nuns morredos Paraíso, somados a Piracicaba. E como tantos curiosos da sorte, também eu vim catar beiras, que aís sobravam na vida.
E não passo reclamo do tanto que essa vida doou-me, que aprendi saber-me exato de quanto cabia e era meu.
Botei uns filhos na vida, bonitos pra não de mim reclamarem.
Somei uns livrinhos lavrados com título de arrepiar, quase um poema inteiro (que sempre assim pensei - se não me lerem os poemas pelo menos a resenha no título vão ter que engulir de ler).
E pra me completar literato vim recolher-me de só, em beira rabeira de estrada, que emenda duas cidades neste Estado de São Paulo ( Piracicaba-Santa Bárbara).
Não tenho e-mail nem site, prefiro o preto no branco escorrendo no papel. Amo as cartas em que toco com devoção de oração.

domingo, 15 de maio de 2011

Acelera!

Poesias, contos, histórias românticas.
Depressa poetas.
Podemos não ser a maioria,
mas com certeza,
estamos mais impregnados de sonhos,
não guardamos anseios.
Só nós vibramos com febre os sentimentos.
Depressa poetas.
O brilho dos olhos da alma penetra.

Cecília Fidelli

Há quem se venda.